terça-feira, 8 de setembro de 2009

ALGUMAS VEZES....


Morre um pedaço de mim cada vez que vejo alguém que amo sofrer...
Sofrimento intransferível mas divisível e fielmente por mim sentido.
Tinha vontade de mudar os relógios, Esticar as horas, os dias,
Só pra não te ver assim...Te dar as horas que hoje você perde tentando...
Buscando uma solução, um caminho, um atalho , uma saída...
Mas não existe respostas e sim destinos e conclusões.
Me faltam todas as palavras e me sobram todas as dúvidas....
A espera é sempre um tormento...
Você me diz que sua tristeza não é maior,
Porque meu sorriso te fortalece...
Pois saiba que seguirei construindo tantos e quantos mais sorrisos
forem necessários para não te ver desmoronar...
O que me pede é sempre tão simples...
A chuva nos teus olhos transbordam meus sentimentos
Desagua tua dor e seca tuas feridas...
Sei o quanto elas sangram... Mas elas irão cicatrizar.
As enfermidades sempre engrandecem os espítitos,
Sinto que alguém muito especial está olhando por todos.



(Ás vezes as pessoas sofrem e a gente sofre junto.
Mas felicidade também vem sempre acompanhada
Acredito que tudo sempre tem uma razão de ser,
O complicado é entender os propósitos.
No final das contas,
Tudo sempre acaba dando certo
E seguindo o caminho predestinado)

Um comentário:

Mågø Mër£Îm disse...

Eu tento acreditar tbm que tudo sempre vai dar certo... mas atualmente ja aprendi a não sofrer a dor alheia... isso me da condição de ver uma melhor saida pra quem num ta bem... fica bem por ai

Beijo