quarta-feira, 15 de dezembro de 2010

I KNOW YOU'RE ALWAYS THERE ...




Alguém me disse uma vez que a maravilha da vida
está no aqui e agora,
Sei que um dia vou morrer,
 No entanto não sou mais dominada pelo medo
Pois sei que você está lá! E vai me esperar...
Lembro-me de tudo, da tua respiração,
De todas as nossas conversas, dos seus conselhos,
Dos teus suspiros, das tuas broncas,
 dos teus sorrisos,
Do teu cheirinho bom, Do teu cabelinho fininho...
Da expressão no seu rosto quando você me via,
Fizemos e fomos muitas coisas juntas...
Muitas coisas...
E aprendi muito,
Só ainda não sei como suportar essa tua ausência...
Tento imaginar o que estaria me dizendo agora,
Talvez estivesse me pedindo para não ficar triste,
E que se um dia quiser falar com você,
Se realmente eu quiser,
 acho que me mandaria escolher
Um lugar de que você goste.
 um lugar onde costumávamos ir juntas,
E você estará lá...
Me pego por vezes conversando com você,
Mas ainda não me acostumei a não ouvir suas respostas...
Não tenho vergonha de dizer isso,
porque acho que devemos demonstrar nossos sentimentos,
dizer que amamos incondicionalmente
 e isso é fato mãe...
Sempre disse e continuo falando
e sentindo todo meu amor por você,
Lamento sim e sempre toda falta que você me faz
Te amoooooo muito e pra sempre





“ Meu peito dói;

Um sono insano sobre mim

Pesa, como se eu me tivesse intoxicado

De ópio ou veneno

Que eu sorvesse até o fim,

Há um só minuto,

E após no letes me abismado:

Não é porque eu aspire

Ao dom de tua sorte,

É do excesso de ser

Que aspiro em tua paz...



Fugir e dissolver-me enfim

Para esquecer o que das folhas não aprenderás jamais:

A febre, o desengano e a pena de viver aqui;

Onde os mortais lamentam os mortais,

Onde o tremor move

Os cabelos já sem cor,

E o jovem pálido e espectral

Se vê finar,

Onde pensar

É já uma antevisão sombria

Da olhipesada dor...

Onde o belo não pode

Erguer a luz do olhar

E o amor estremecer por ele

Mais que um dia...

(Johnkeats)




                                        COM OS NETOS ONDE SEMPRE ESTARÁ:
NO SÏTIO E EM NOSSOS CORAÇÕES.



2 comentários:

Poeta del Cielo disse...

O amor do mae e unico e o mais real y verdadeiro que existe... elel nunca morre ela nos acompañha sempore a toda hora...amiga bello tu poema y lindo homenagem a tua mae... ela mora en vc en cada lembranca ela mora en vc.. y siempre mesmo sem a sua presenca fisica ela esta a teu lado a tuda hora sempre...a saudade ela que nos invade...

Saludos
abracos
otima semana

orvalho do ceu disse...

"...não sou mais dominada pelo medo"... Que bom!!!
Olá, amiga
Hoje, Domingo, está postado o meu cartão virtual para você que me acompanha com tanto carinho e amizade nesse ano de 2010...
Obrigado pela amizade e que Deus recompense seu incentivo ao meu Blog!!!
BOAS FESTAS!!!
Abraços e bjs festivos
Roselia