quinta-feira, 26 de agosto de 2010

OLHOS PERVERSOS



Mulheres: gostava das cores de suas roupas;
 do jeito delas andarem;
 da crueldade de certas caras.
 Vez por outra, via um rosto de beleza quase pura,
total e completamente feminina.
Elas levavam vantagem sobre a gente:
planejavam melhor as coisas,
 eram mais organizadas.
Enquanto os homens viam futebol,
 tomavam cerveja ou jogavam boliche,
 elas, as mulheres, pensavam na gente,
concentradas, estudiosas, decididas:
 a nos aceitar, a nos descartar, a nos trocar,
a nos matar ou simplesmente a nos abandonar.
 No fim das contas, pouco importava;
seja lá o que decidissem,
a gente acabava mesmo na solidão e na loucura.
(Charles Bukowski)


Os olhos...
Sempre desconfiamos do que
ali possa residir
o que será que eles tem para contar?
Desconfio seriamente de muita coisa
Uma verdade que beira a insanidade
Um segredo escandaloso
Um propósito sem dimensão
E eu não ligo
Eu sei
Eu sinto
Luto contra esse mundo
(Com bravura)
 num castelo abandonado
Enlouqueço, discordo,
mas não distorço
Enfurecida descobri
Que sem nexo e sem sexo
O indizível vira palavras
A euforia tem alvo,
Tropeço inevitável...
Mas se esquivo é porque
Odeio verso rimado,
Perfeita simetria,
Um infinito de desencontros
Ás vezes acho que voei alto demais
Mas esse é o refúgio que combina comigo
Eu continuo aqui
Confrontando minhas confusões
Questionando os meus porques...
E você continua perfeito e pra sempre.

Beijoooo

Na têmpora rolando:
John Mayer - Your Body is Wonderland
AQUI
e SAY  AQUI






19 comentários:

Fernanda Magalhães disse...

Ale Danyluk
Minha gata loira! Eu adoro os teus comentários e confesso que quando posto um texto que acho a tua cara, sinto falta do teu comentário.

Bjos!!

Tuca Zamagna disse...

Adoro esse velho safado. Mesmo nos seus textos mais irônicos, mais corrosibos e contundentes, sempre aflora uma compreensão e ternura profundas pelo ser humano, a mais genuína marca da grandeza de um artista, eu acho

Por este seu cartão de visitas, vou passear bastante pelo seu blog. E sei que vai ser um ótimo passeio!

Bjs

Doce AnjO disse...

Conseguimos muitas vezes até segurar as palavras, mas olhares são indomáveis.
Gostei do seu blog ! ^^
Bom dia !

jefhcardoso disse...

Danyluk, entre o sonho e a realidade eu prefiro a realidade que me permita sonhar. http://jefhcardoso.blogspot.com

Tuca Zamagna disse...

Que bom que você gostou do DS, Ale. Muito bom mesmo!

É raro receber um visitante novo que deixe um comentário que, além de lisonjeiro, soe tão verdadeiro, por demonstrar uma avaliação arguta e cuidadosa.

Bem , mas não se impressione tanto com a variedade de temas e abordagens. Somos quatro cabeças tocando o blog, fora os colaboradores constantes como o Prof. Edson Rocha Braga e também, e sobretudo, as múltiplas personalidades do quatro!

Nossa "vogal temática", que muitas vezes mais parece uma consoante muda, é o humor, sempre balizado pela determinação (imposta democraticamente pelo ditador que vos fala...) de não descambar para o confessional. No máximo, comentamos de um ponto de vista bem pessoal um ou outro fato ou assunto do momento. O que costuma acarretar a perda de muitos leitores e seguidores, como aconteceu na recente postagem debochada sobre o "Ministério já formado do Serra". Fazer o quê? Não podemos (infelizmente!) injetar humor em veia alheia, nem podemos nem queremos nos livrar desse maldito senso bendito!

Bjs

P.S.: Ah, no último Natal, quando o blog tinha pouco mais de um mês de atividade, postei sobre o "Bom Velhinho Safado"... nosso querido Bukowski, claro. Tece gente que cosiderou isso uma afronta ao espírito natalino, pode? Quem dera aquele hipócrita do Santa Klaus tivesse um pingo da ternura e grandeza espiritual do grande Buka!

PIONERO DE LA POESÍA ESTANCIAL. "Todo lo que es, deja de ser simultáneamente y es"... Éclides disse...

gracias por la visita, que con gran placer la devuelvo.

ADEMÁ, OPORTUNIDAD PARA LEER OTRAS INQUIETUDES

UN FUERTE ABRAZO

silvioafonso disse...

.

Eu adorei tudo o que você me
mostrou e ser um dos 63 amigos
que seguem o seu blog é um
privilégio. Adoraria tê-la no
meu.


silvioafonso.




.

~*Rebeca e Jota Cê*~ disse...

Ale,

Bukowski e seu jeito melodramático. O cara era fera!

Deu pra perceber toda a irreverência nas suas palavras.

Beijo imenso, menina linda.

Rebeca

-

Sil.. disse...

Ale, que deliciaaaaaaaaa seu blog!

Adorooooooo Bukowski.

Ele É O CARA (Pra mim , eterno).

Adoreiiiiiii seu espaço, seu carinho, e vim correndo aqui retribuir.

Fica aqui um abração meu!!!!

Valter Montani disse...

Realmente, mulher é muito mais organizada e preparada nessas horas, quando ela decide algo, não tem jeito. bjs

Leo disse...

"Ás vezes acho que voei alto demais
Mas esse é o refúgio que combina comigo"

Que lindo Ale, mas é assim mesmo, voar alto é o lugar mais seguro, apesar da queda. o mundo dos sentidos lá é mais forte...

Beijaaaao querida! tava com saudades tuas!

Karine Melo disse...

Lindíssimo, flor!

Adoro as coisas que voce publica!

enorme beijo :*

gabyshiffer disse...

Os olhos sempre entregam o que vai na alma...
No meio da realidade sempre existe um espaço pra sonhar.

:)
Que vc tenha uma linda Terça
Beijos na alma!

"Mas existe um grande, o maior obstáculo para eu ir adiante: eu mesma. Tenho sido a maior dificuldade no meu caminho. É com enorme esforço que consigo me sobrepor a mim mesma... Sou um monte intransponível no meu próprio caminho. Mas às vezes por uma palavra tua ou por uma palavra lida, de repente tudo se esclarece."
(C.Lispector)

A.S. disse...

Uma delicia entrar neste "templo"!
Refulgem as palavras onde, sem repouso, se prepara o poema. Sobe das frestas um fumo de vulcão. Como se eterno ardesse...


BeijO
AL

Sergio disse...

Menina, vc escreve q é uma beleza.

E "ALESSA" antes tarde do que nunca. E quanto mais tarde, mais se aproxima da surpresa! (gosto de algumas rimas, principalmente as que saem sem querer).

Adorei o "tarde", ao saber que gostou da música.

Valeu teu comentário. A seu tempo, volte sempre.

Beijos!

silvioafonso disse...

.

É por isto e por tantas outras
coisas que procuro, e você tem,
que eu falo o que não devo e
magoo quem não devia.

silvioafonso.





.

[ rod ] ® disse...

Enquanto vou-me perdendo faço da loucura um ninho, e escrevo. E da solidão um porto e escrevo mais ainda!

Bjs moça querida.

Valter Montani disse...

Passei para lhe desejar um bom fim de semana, bjs

"Na suavidade das cores e textura de uma flor
que com delicadeza espalha seu aroma sedutor,
manifesta-se de forma natural uma mágica beleza
encontrada igualmente nos seres plenos de amor."

Valter Montani

artebaiao disse...

Bonito..., muito bonito!