sexta-feira, 11 de dezembro de 2009

QUEM MATOU O PRINCIPE ENCANTADO FOI A MULHER BIÔNICA.



Houve um tempo, onde as mulheres realmente acreditavam e buscavam apenas um ideal.Toda felicidade feminina era depositada em uma única ficha : O HOMEM.
 Isso mudou um pouco. O cenário é outro, os ânimos também e as mulheres cada dia que passa, vão sofrendo mais metamorfoses. Na minha opinião, evoluimos porém estamos á apenas alguns passos de uma grande queda e explico o porque, apesar das controvérsias.

Antigamente UMA MÃE FALAVA PARA FILHA:" Minha filha,quando você crescer você vai conhecer um príncipe, ele vai ser lindo, virá num cavalo branco, vai te levar e vocês irão morar num castelo .Ele vai realizar todos os seus sonhos e vocês serão felizes para sempre.

Atualmente UMA MÃE FALA PARA SUA FILHA: "Minha filha, Príncipe encantado não existe.Ele nào passa de um avatar, um símbolo, puro folclore.Por isso trate de se garantir, tenha pelo menos um MBA, fale inglês fluente, seja  uma über sexual na versão feminina, linda e loura , aí  lá pro meio da sua vida, depois de você se realizar profissionalmente,quem sabe você dê sorte e encontre alguém que satisfaça pelo menos suas necessidades básicas. Mas não exagere na dose desse sonho, porque senão você vai continuar sozinha, vai ter uma conta astronômica no analista , na sex shop, só pra chegar á conclusão de que o homem ideal é outra mulher"....


Como tudo na vida se baseia em fatos, percebi que na verdade o príncipe encantado desapareceu porque as mulheres mudaram. Hoje as mulheres buscam alguém á sua altura, alguém real e nào mais ideal, não mais um principe e sim um companheiro. 
E essa mulher, fruto da eterna busca pelo mito ilusório , foi sendo personificada e aperfeiçoada transformando-se no mais novo ícone da modernidade: A MULHER BIÔNICA. 
Venhamos e convenhamos: Para atrair tanta atenção, a mulher criou sua própria lista imaginária de pretenções com o intuito de conseguir preencher todos ou quase todos os requisitos para ser apta ao" parceiro ideal",vulgo "sonho de consumo",  e para tanto, só sendo mesmo um ser interplanetário.
E pasmem: Com isso, acabamos sim devorando esse príncipe, passando por cima dele como um rolo compressor extinguindo-o por completo.
 Sigam o meu raciocínio;
Quem é que tem que ser um mega outdoor ambulante 24 horas por dia? (Isso inclui cabelo maravilhoso sempre, sessões de depilação, estar sempre uns 8 kg abaixo da altura, ter um bom humor eterno, unhas maravilhosas, ser fashion na maneira de se vestir, e isso só no que se refere a aparência.)
Ainda não chegamos nem na metade dos requisitos :
Depois de toda essa MONTAGEM, de ter virado quase uma drag queen, devemos exercer suas devidas atribuições, sendo uma exímia sex simbol,  submissa/ dominadora, fatal/meiga , doce/bruta, estar nos sonhos do amado e nas fantasias dos amigos dele também; amar futebol e entender disso; saber gelar, abrir e servir cerveja; assistir filmes de guerra,de aventura,espionagens e lutas ininteligíveis;
nunca ter TPM,jamais discutir a relação, ter e não ter ciúmes,venerar toda a família dele e ser admirada por todos.
E se isso ainda não bastasse,ainda trabalhar,ganhar dinheiro,estudar,ter filhos,
 educá-los, ser uma chef na cozinha, ser insone, sorrir sempre, quase nunca ficar triste, chorar demonstrando fragilidade, total dependência e incondicional amor eterno, enfim uma aberração consumada.

 Tudo isso em troca da simples constatação de que a presença dessa pessoa, desse provedor orgásmico, por muito tempo nos foi essencial e continua sendo, mas cá prá nós...é meio desigual esse parâmetro.
E a culpa é toda nossa e não deles! Nós criamos esse monstro, essa super mulher fake e agora não sabemos como lidar com ela.
Íntimidamos o príncipe exterminando-o. Nos deparamos com homens que se tornaram exigentes exímios, porém que continuam humanos em evolução. Não se cobram tanto, não atribuiram tantas tarefas para si mesmos e nem quiseram ser o top, nem a  única cereja do bolo diet.

 Mas o que mais me espanta é que estamos cada vez mais atingindo todos esses patamares e nos tornando esses seres, esse andrôgeno biônico inclusive em aparência.(o botox e silicone que o digam) E nos distanciando cada vez mais dos verdadeiros propósitos.
A superficialidade no agir, os atos falhos tem se multiplicado .
 Nunca fui feminista, até abomino esse termo, repudio a igualdade entre os sexos porque realmente acredito que somos seres diferentes ,porém devemos ser páreos.
 Ganhamos próteses e perdemos essência.Conquistamos independência e anulamos a nossa coerência.Atingimos igualdade e enterramos a espontaneidade.Criamos um ícone e matamos o ser.Barganhamos sensações...

 O escambo da vez é o sexo casual, a eterna busca pela juventude, incansáveis disputas pelo poder, entre outras tantas coisas medíocres.
 Na verdade não acho que nada disso seja errado, acho apenas que deve-se dosar, calibrar, medir os exageros e desprezar essa competição burra que essa mulher robotizada trouxe pra si erroneamente. 
Ninguém vive desprovido  de sonhos, mas devemos escolher sempre o que nos fará melhor. Banir o que nos faz mal e manter um equilíbrio em todos os setores da nossa vida, acreditando piamente que o melhor é sempre criado pela nossa própria cabeça e o "estar junto" deve ser motivado pelo simples fato de  sentir-se bem e completa com alguém , e ambos possuidores de muitas qualidades e defeitos.
E isso é bom !!!!  Conviver com as perfeições apesar das distinções.
Acredite no que eu digo. Mude de estação.
A tendência que nunca saí de moda chama-se inteligência. Ë irresistível e esse requisito você não precisa nem dosar. Pare de ser tão fútil...
Mude o foco. Não procure o Príncipe Encantado.

Prefira sim o Lobo Mau.
Ele te vê melhor, te escuta melhor e ainda te come.
Preciso dizer mais alguma coisa???
Acho que não...
Beijooooooooooo

3 comentários:

meus instantes e momentos disse...

muito bom o post, ótimo esse teu modo de escrever.
Gostei daqui,
Maurizio

Carol Mioni disse...

Uma palavrinha: Arrasou! Análise perfeita do que estamos passando. Elas queimaram o s sutiãs e mataram nossos príncipes. Agora elas morreram e o caos é nosso.

feiticeira disse...

Ale

Este post está perfeito, divinal, adorei.

Beijo, obrigado pela visita.