quinta-feira, 6 de agosto de 2009

SONO DESPERSO...




Como a luz das estrelas surge em meus pensamentos
O brilho de tua presença...
Já não sei mentir pros teus olhos
Teu todo me fascina e me atrai
Teu sorriso me chama
Teu olhar é chama
Meu corpo queima
Como um sonho ao acordar
Vejo minha vida apagar
Desejo proibido
Ter você só no olhar!


( GERMANO- UM POETA,)
Despretenciosamente ,
Sem porquês nem nada...
Acordei...
Despertei...
Mas do sono mesmo...
Caí da cama e aqui estou!
Rodei
Dei voltas
Ouvi músicas
Li palavras
Interpretei cenas,
Vislumbrei encontro(s),
E no final das contas
Só vou dizer uma coisa:
Hora de voltar á cama.
Á sua...
Á nossa...
Á nós.
Hoje e sempre.
Volto com menos sono...
Amanhã...
Ou seria hoje???

2 comentários:

Tâmara disse...

amo isso tudo aqui!

xaudadis de vc , Lorão!

Mågø Mër£Îm disse...

Desejo proibido é ruim, por isso não sigo as regras... rs E faz tempo que não acordo nem desperto, pra mim todo dia é hoje mesmo, acho que tenho que tirar meus pés do chão um pouco... foi bom vir aqui