quarta-feira, 29 de outubro de 2008

PARECER CRIANÇA...




E isso não é tão bom ??? Ás vezes e dependendo da circunstância
pode-se ter diversos significados, mas criança é sempre criança...
Fico com o lado inocente, sonhador, despreparado, encantador,
Deixo de lado os medos, as tantas perguntas, os "Nãos" ouvidos,
As incertezas, os gestos não entendidos...
Ser criança na alma, na esperança, nas certezas, nas verdades,
Nas brincadeiras, nos sorrisos, nos abraços, sem esquecer dos pés ,
sempre descalços, da correria, do sono tranqüilo...
Apagar para sempre os pesadelos, as insônias, as tristezas,
as inseguranças , e tudo aquilo que faz mal
( e mal com L , porque o inverso é sempre bom),
Ser feliz com toda a bagagem e com todas as bobagens...
Chorar com facilidade, seja de alegria ou de tristeza,
Ter a leveza e o frescor do desconhecido, da novidade...
Enfim, viver intensamente cada minuto dessa imensidão
que chamamos de NÓS MESMOS.....




2 comentários:

Salve Jorge disse...

Nada como ser criança
DAquelas que nunca cansa
Entrar na dança
Deixar a vida ser mansa
Isso sim balança
Como o sabor dessas boas lembranças...

GUILHERME PIÃO disse...

Concordo,
Ser criança é encontrar a própria pureza...
Não queria ter crescido....
Abraços