segunda-feira, 24 de janeiro de 2011

CERTA IMPERFEIÇÃO...



Disfarço alívio
Finjo o inevitável,
mas moro na corda bamba
E o que foi tudo aquilo?
Continuo andando
Tento manter o equilíbrio
Tenho as noites
Não vou querer estar em outro lugar
Sozinhos e famintos
Hipocrisia contraditória...
o silêncio não resistiu
a verdade sombria
corroí meu olhar
Não é maldição nem sarcasmo,
Recuperei o folego
mas perdi a vez...
O indizível na sua boca
O inteligível na minha mente
E o discurso é sempre o mesmo
O caminho tem endereço certo
Urgente desespero
Sempre assim
Sem sentido algum
Visceral e Inabalável
Desafio a consciência
E acordo desse sonho...

Beijooooooooo





“As pessoas pensam que uma alma gémea
é o seu encaixe perfeito,
 e é isso que toda a gente quer.
Mas uma verdadeira alma gémea é um espelho,
 é a pessoa que te mostra tudo aquilo que te prende,
 a pessoa que te chama a atenção
para que possas mudar a tua vida.
Uma verdadeira alma gémea é, provavelmente,
a pessoa mais importante que alguma vez conhecerás
porque irá derrubar os teus muros
e despertar-te à força.
Mas viver com uma alma gémea para sempre?
Não. Demasiado doloroso.
As almas gémeas entram na nossa vida
apenas para nos revelar outras camadas
de nós próprios,
 e depois vão embora.”








in Eat, Pray, Love




Um comentário:

Poeta del Cielo disse...

hermosas letras sentimento puro .. realidade certa ante un coracao que ama e sente.. belo poema amiga

saludos
otima semana
abracos