quarta-feira, 7 de abril de 2010

FAZENDO HISTÓRIA....


O SORRISO

(Eugênio Andrade)



Creio que foi o sorriso,

o sorriso foi quem abriu a porta.

Era um sorriso com muita luz

lá dentro,

apetecia entrar nele,

 tirar a roupa,

 ficar nu dentro daquele sorriso.

Correr, navegar,

morrer naquele sorriso.



Na têmpora rolando:


  Hoje ando meio assim...
Sabe? Com aquela dúvida do que dizer,
É isso.... vou ficar só no sorrisoooooo
Beijoooooooo meliga




Um comentário:

Valter Montani disse...

Valeu pelo comentário, veja que legal somos do mesmo signo chines: Javali, gente amiga.
e já que a postagem fala do Sorriso, deixo o meu:

CARTÃO DE VISITA


No teu sorriso maroto
há algo que me deixa exposto
pois, me aguça o imaginar
teu sorriso me faz sonhar.

Teus lábios carnudos
falam nada e dizem tudo
pois muito podem expressar
e ao mesmo tempo tudo ocultar.

Teu sorriso é tão cativante
que torna tua indiferença irrelevante
pois aumenta ainda mais meu desejo
de sentir o sabor de teu beijo.


Não me incomodo com retorno
nem precisa me corresponder
basta não privar-me de teu sorriso
deixe meu sonho sobreviver.

© VALTER MONTANI